Não somos deste mundo

Há quem pense que somos todos iguais, por sermos deste mundo. Embora sendo todos da raça humana, diferimos e muito do nosso próximo. A nossa cor, nosso tamanho, nossos olhos, nossa cultura, nosso modo de pensar e agir na vida, nosso grau de conhecimento e entendimento das coisas… Enfim, enquanto uns são gordos outros magros, são evidentes as diferenças.
Mas o que queremos abordar neste pequeno artigo se refere ao mundo espiritual. A diferença entre os mundos materiais e espirituais são astronômicas, pois enquanto um é matéria, finito, perecível o outro é espírito, eterno e infinito. A matéria é suscetível a provas, laboratoriais ou exames. Enquanto que o espiritual jamais se submeteu a um experimento cientifico. É impossível levar um espírito a uma lamina e submetê-lo a um microscópio, por mais potente e preciso possível.
No Evangelho de João, capitulo 3 temos a entrevista de Nicodemos com Jesus. Ao abordar algo do mundo espiritual, Nicodemos estranhou e fez a pergunta mais infantil possível. “Como sendo velho posso nascer de novo?” v 4. Ao que Jesus respondeu: “O que é nascido da carne é carne, o que é nascido do Espírito é espírito” v. 6. Há uma diferença brutal entre os dois mundos. Muitos vivem como os irracionais, só para a matéria, só para os apetites da carne, no entanto, o homem foi feito a imagem e  semelhança do seu criador Gn 1.27. O homem é material e espiritual, assim ele se assemelha ao seu criador. Não há lugar aqui a evolucionismo algum, pois somos produtos de um criacionismo divino. O homem já nasceu grande, sábio, perfeito e evoluído. Tanto é que ele deu nome à todos os animais e demais seres criados .Pode dizer conclusivamente a Eva: “tu serás chamada mulher, porquanto do homem fostes tirada” Gn 2.23.
Não há como aceitarmos a filosofia deste mundo, suas conclusões absurdas sobre a criação a evolução a origem das espécies e tantas outras. Todo o universo e tudo que nele existe é produto de um ser onipotente, inteligente e capaz de todas as coisas, que é Deus Jeovah Elohim.
Por sermos novas criaturas, deixamos de ser deste mundo e passamos a viver em uma nova dimensão, aquela que Jesus falou a Nicodemos, “O que é espírito e espírito”, embora estejamos na carne, apegamo-nos nos dizeres de Cristo.”estamos no mundo, mas não somos do mundo. Jo 17.16.
Com base na Bíblia Sagrada, que é a regra da fé e pratica do autentico cristão, não podemos aceitar a legalização das drogas alucinógenas, não aceitamos também a ideologia de gêneros, o homossexualismo, lesbianismos e toda sorte de perversão sexual. Há pessoas que defendem sexo com crianças de 8 ou 10 anos em diante, isto chega ao cúmulo do absurdo. Mais uma vez eu repito, verdadeiramente não somo deste mundo! Você realmente não é deste mundo? Pense nisto.
A Deus toda gloria, Pr. Darci Reis

Author: NúcleodaFé

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>