Vai começar o tempo de suas maiores conquistas

Josué 1:1-10
Introdução
Em todo Pentateuco temos o relato do que Deus fez para com o seu povo. Em Abraão temos a chamada e as promessas. Essas promessas dizem respeito a todos nós. Quando Deus falou a Abraão já incluía Isaac e Jacó. Quem faz a vontade de Deus faz história. Jacó teve seus 12 filhos, mas José era especial. José se tornou governador de toda a sua família. Na mesa com seus irmãos José era Zafenate Panéia, salvador do mundo. –– Perante os seus irmãos, tira a túnica e revela-se a eles. A essência de José era a mesma. A perseguição dos seus irmãos o conduziu ao Faraó do Egito, à proteção de todo o mundo, inclusive de seus familiares.
Ferramentas que o povo deve usar
O povo usa a maior ferramenta: o clamor e a oração. Quando oramos mexemos com o céu e assim o céu mexe com a terra. A tua oração irmão, já mexeu com Deus e agora Ele vai mexer com a terra. Temos Joquebede, Arão e Moisés. Ninguém mata o que Deus abençoa. Faraó quis matar Moisés, mas teve que chamá-lo de seu neto. Joquebede  transmitiu as verdades do Deus verdadeiro a Moisés. Deus é especialista em mexer com as coisas.
Ação do Deus do impossível
Moisés sai do palácio e vai ser pastor de ovelhas. Deus vê, ouve e conhece. Deus viu, ouviu e conheceu a aflição do seu povo no Egito. O povo de Deus não entra no deserto sozinho. “Eu sou o que sou” para o enfermo Ele é o medico, o remédio; para o sedento Ele é a água viva; para o faminto, Ele é o pão da vida; para o problema Ele é a solução. O EU SOU está agora conosco. O Deus do deserto supre a saúde, a roupa, o calçado. Nada vai nos faltar. O crente não está no deserto para morrer, mas para atravessar. Os 10 espias covardes disseram: não podemos. Porém 2 disseram: estamos de malas prontas na mão. Se Deus diz, Ele vai cumprir. Dizer “eu não mereço”, não é
para nós. Somos o Exército de conquistadores.
O impossível é especialidade de Deus. Gn 18.14 “Será que para o Senhor há alguma coisa impossível?” Lc 1.37 “Porque para Deus nada é impossível”. Se Deus diz, vai acontecer. Josué é escolhido capitão da conquista. O Egito não é nosso. A Terra prometida é toda nossa. Tudo que Deus nos dá é bom. Terra de largueza, fartura, abundancia.
A Fronteira da vitória
Israel está na fronteira. Atrás está o Egito, à frente está Canaã. 40 anos ouvindo Moisés (Dt 5.24-27). A voz do homem parou e a voz de Deus continuou. Moisés, um líder que fala com Deus “cara a cara”. O povo passou 30 dias chorando pela morte Moisés. Deus intervém na historia e diz a Josué: “Levanta-te e passa este Jordão”. Js 1.2. Cadê Moisés? Não existe mais. Agora quem cuida é Deus. Que haja mar, Jordão, Jericó. “Passa este Jordão, tu e todo este povo…” Sua família vai passar e conquistar. “Todo lugar que pisar será teu.” Não se contente como pouco. Então pisa, então pisa, então pisa que Deus te dá. Avante, Deus tem surpresa para você.
Eu vivia rodando com carro velho pelas ruas do Núcleo Bandeirante e em 1985 uma comissão da Igreja me chamou e me levou a uma concessionária. Entrei com meu Fiat 147 e saí com uma Parati zerinho. Se prepare para ser surpreendido por Deus. Ele usa homens para nos surpreender. Tem coisas grandes de Deus para a sua vida.
Em Js 1:4 temos a delimitação da terra prometida. Começa aqui e termina no deserto, o lugar do sofrimento. Aquele lugar que desafia a sua historia é o que te entrego. Se você está como Office boy posso te elevar a dono da empresa. No verso 5 garante que ninguém poderá te resistir. Você conquistará porque Deus vai tirar qualquer barreira e te fazer chegar lá. No verso 9 Deus diz: “Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares”.
Deus não permitirá que você seja um derrotado, vencido, frustrado.
Levante-se e tome posse da terra.
A Deus toda gloria.
Pr Darci Reis.

Author: NúcleodaFé

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>